ComunidadeDestaquesNotícias

Alerta: NJ Poison Control Center avisa sobre o aumento de casos de crianças envenenadas com maconha comestível

0

Esta semana, as autoridades disseram que um pré-adolescente foi admitido em um hospital de NJ passando por efeitos adversos à saúde após ingerir uma grande quantidade de doces contendo maconha. O doce (Medicated Sour Skittles) foi embalado de forma quase idêntica ao doce popular e amplamente vendido.

Um mês antes deste incidente, um caso semelhante ocorreu, mas em uma criança de apenas 3 anos, que precisou ser internada na UTI após comer um doce que parecia idêntico a um Nerds Rope, outro favorito dos consumidores de doces.

Embora New Jersey esteja à beira de um lançamento em grande escala de produtos recreativos de maconha para adultos, é importante lembrar que a maconha pode e tem efeitos tóxicos nas crianças. Como testemunhado em outros estados com programas recreativos de maconha, a exposição pediátrica a esses produtos aumenta à medida que os alimentos se tornam amplamente disponíveis.

Comestíveis de maconha: ingerindo Cannabis em alimentos - Growroom

Os Centros de Controle de Envenenamento em todo o país observaram um aumento significativo nas ligações relacionadas a crianças que comeram ou engoliram acidentalmente produtos contendo THC. Para complicar ainda mais as coisas, estão os produtos parecidos com doces, como ursinhos de goma ou os produtos mencionados acima, que são muito atraentes para as crianças.

Em 2020, o New Jersey Poison Control Center auxiliou no tratamento médico de mais de 55 crianças com menos de 5 anos e mais de 30 crianças entre 6 e 12 anos que consumiram produtos comestíveis contendo THC, mais do que o dobro dos atendidos no ano anterior (2019) e 6 vezes mais do que em 2018.

O Centro de Controle de Envenenamento de New Jersey está alertando o público para manter os alimentos comestíveis de maconha em um local seguro e trancados em suas casas. Crianças que ingerem alimentos correm alto risco de uma overdose de maconha, levando a graves efeitos para a saúde.

Comestíveis de maconha: ingerindo Cannabis em alimentos - Growroom

“Uma vez que os alimentos podem ser altamente concentrados, limite o número de alimentos que você tem em casa se você mora com crianças pequenas e em idade escolar”, diz Lewis Nelson, chefe de Medicina de Emergência da Rutgers New Jersey Medical School. Muitos produtos comestíveis têm a aparência e o sabor de guloseimas compradas em lojas e outros produtos alimentícios, tornando difícil para as crianças perceberem a diferença. Embora alimentos como brownies, gomas e pirulitos possam ser divertidos e/ou terapêuticos para adultos, altos níveis de THC podem levar a sintomas de overdose perigosos em crianças pequenas”.

Ao contrário dos adultos, a exposição à maconha em crianças pode levar a um lado perigoso, incluindo dificuldade para respirar, perda de coordenação, sonolência e convulsões. Em casos graves, as crianças podem precisar de internação em uma unidade de terapia intensiva e até mesmo precisar de um ventilador. Ao usar ou armazenar produtos de maconha em casa, lembre-se das dicas a seguir para evitar a exposição acidental:

– Armazene os produtos comestíveis em um local seguro em casa, fora da vista e do alcance de crianças e animais de estimação.

– Produtos de maconha também podem causar efeitos graves à saúde em animais de estimação.

– Limite a quantidade ou número de produtos comestíveis que você tem em casa.

– Esteja ciente da potência (concentração de tetrahidrocanabinol / THC) dos alimentos que você tem em casa.

– Os efeitos da maconha comestível podem demorar e ficar mais graves horas depois.


Comunidade: Newark Evening Adult High School com inscrições abertas para o semestre da primavera

Previous article

Atenção: EUA estudam suspender restrições de voos do Brasil e da União Europeia para o país

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Comunidade