ComunidadeDestaquesNotícias

México: Brasileiros “abusaram” da isenção de vistos e agora vão pagar o preço

0

O México anunciou que voltará a solicitar visto aos brasileiros que desejam entrar em seu território a partir de meados de dezembro, dado o aumento de pessoas que usam o país para entrar nos Estados Unidos ilegalmente.

Em outubro, a Secretaria de Governo (Segob) anunciou que pretendia impor visto aos brasileiros, suspendendo um acordo do ano 2000, que entrou em vigor em fevereiro de 2004, pelo qual México e Brasil eliminaram a exigência entre os dois países.

“Foi identificado um aumento substancial de brasileiros que entram em território nacional sob amparo do Acordo de Supressão de Vistos, com finalidade distinta daquela permitida pela condição de permanência de visitante”, afirmou a Segob em publicação na sexta-feira passada no Diário Oficial. A medida entrará em vigor 15 dias após sua publicação.

Os brasileiros que chegarem ao México de avião devem portar um visto eletrônico. Quem chegar por via terrestre ou marítima deve obter um visto regular. Em outubro, a Reuters informou que os Estados Unidos estavam intercedendo para que o México impusesse visto aos brasileiros.

A cada ano, dezenas de milhares de imigrantes fogem de seus países para os Estados Unidos na esperança de abraçar o “sonho americano”. Nos últimos meses, milhares de haitianos se dirigiram à fronteira norte do México. Muitos deles não vão diretamente do Haiti, mas do Brasil ou do Chile. Dias atrás, a Reuters informou que o México estudava a possibilidade de estabelecer requisitos de entrada mais rígidos para os venezuelanos, em parte em resposta a pedidos de Washington, após um forte aumento das prisões na fronteira de cidadãos do país sul-americano.


Prefeito de NY informa abertura de espaços para uso supervisionado de drogas

Previous article

Atenção: Confirmada primeira infecção pela variante ômicron em solo americano

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Comunidade