DestaquesMundoNotícias

Criança de 6 anos morre em Portugal por possível reação à vacina

0

A Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde de Portugal (Infarmed) informou na segunda-feira 17 que iniciou uma investigação para esclarecer se um menino de 6 anos de idade morreu em virtude de uma reação à vacina contra Covid. Embora já tivesse completado o esquema vacinal, o jovem contraiu o vírus.

De acordo com o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, a criança deu entrada no local apresentando um quadro de parada cardiorrespiratória. No entanto, apenas depois da autópsia será possível verificar se a morte do menino pode estar associada à infecção, à vacina ou a outros motivos.

A Infarmed confirmou que recebeu uma notificação de suspeita de reação adversa no caso da morte da criança. “Isso será tratado pela Infarmed em conjunto com a Unidade Regional de Farmacovigilância de Lisboa, Setúbal e Santarém”, disse, em comunicado, a agência de notícias Lusa.

Segundo o órgão regulador, estão sendo recolhidos “dados adicionais por parte do notificador para análise e avaliação da imputação de causalidade, uma vez que, não sendo a aparente relação temporal o único determinante na avaliação da causalidade, é necessário proceder à recolha de toda informação clínica”.

O menino tomou a primeira dose da vacina em 8 de janeiro. Durante a semana, na escola, acabou infectado. No dia 16, depois de ter testado positivo para covid-19, deu entrada no Hospital de Santa Maria e morreu no mesmo dia.


Comunidade: Testes gratuitos de COVID distribuídos pelo Governo Federal já podem ser solicitados

Previous article

EUA está usando WhatsApp como recurso para espionar pessoas envolvidas com drogas

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaques