ColunistasFrancisco SampaNotícias

Francisco Sampa: Que o Papa seja sempre Francisco…

1

francisco_sampaO Francisco dos pobres, dos excluídos, dos animais, da ecologia. O Francisco que renunciou aos bens materiais em prol de todos os necessitados e carentes, que se inspire no poverello de Assis, que seja igual àquele Francisco que veio ao mundo há 8 Séculos passados para constranger a opulência e o poder político de uma igreja, que se afastou dos princípios de Jesus. Que se inspire em Francisco de Assis, o protetor de todos nós animais, racionais e irracionais, que sofremos todo tipo de violência, os irracionais de seus donos egoístas e mesquinhos e nós, os racionais, que somos vítimas de nossa ganância desmedida, sempre agindo em função do ter e nunca do ser, o ser vivente, o ser fruto da criação do pai supremo. Venha Francisco! Cuide de nós, ore e reze por pelas criaturas racionais e irracionais carentes de fé, de amor, de paz nesta terra cheia de homens e poucos com boa vontade. Que assim como São Francisco, aquele de Assis, usted hermano argentino, cuide dos carentes, defenda o meio ambiente degradado pela insana sede de conquista dos homens, onde as maiores vítimas é a mãe natureza e seus filhos mais humildes, os pobres das grandes cidades, que o nosso meio ambiente receba sua atenção especial. Cuide dos humildes não dando-lhes esmolas ou bolsas como acá en Brasil, pero dando condições a nosotros, los pobres de mi país, de tener una vida saludable e muy digna.

Recorde-se Francisco, usted ahora es El Papa de nosotros em todo mundo, por favor faça e haja como o seu mentor, o grande de Assis, nunca esqueças os valores franciscanos: humildade, simplicidade, fraternidade, renúncia em favor dos pobres, terás voz em todos lares e palácios deste degradado e violento planeta azul, que essa voz ecoe nos cantos e seja ouvida pelos poderosos e gananciosos de plantão nos mais longíquos rincões da terra. Agora estás no lugar de Pedro, o primeiro papa da história e também aquele que negou por três vezes conhecer a Cristo. Por favor hermano santificado, não negues jamais a mão estendida sobre nossas cabeças, reze por nós agora e na hora da nossa morte, que nunca paire sobre nossas vidas a covardia nem um silêncio servindo de amém. Santidade, juntos teremos forças para lutar pela inclusão social e pelo nosso tão atacado meio ambiente, que a nossa mãe natureza seja respeitada e preservada, para que nossos filhos e netos possam ter uma vida saudável e próspera. Que a violência diminua na mente e no coração dos seres humanos, pois é nestes lugares que ela explode e se materializa em nossas ruas levando a morte e a destruição da célula familiar.

O filho de Deus foi morto há 2013 anos, sua morte não foi em vão e não devemos esquecer que sem vida a religião não faz o menor sentido. Que a igreja fundada por Pedro olhe para todos os pedros pedreiros, os josés as marias, severinos, raimundos, carmelitas da minha, de nossas vidas, olhe para esse exército de olhos e coração abertos, que essa multidão, que não sabe aonde vai, siga o caminho da fé, da paz, do amor pelo próximo. Seja bem-vindo Francisco, que sua passagem neste pontificado seja marcada pela simplicidade, assim como a vida e trajetória do inspirador de nossos nomes o poverello de Assis, que não foi apenas um Francisco. À todos os humildes, mortais de nome Francisco. Parabéns para nós, que sejamos cada vez mais Francisco, defensores da humildade, dos pobres, dos animais, da ecologia, a vida e a mãe natureza agradeçam eternamente. Sampraço.


Ana Santos: Caderno de Filadelphia – PA . 18/04/2013

Previous article

China envia suprimentos a comunidades isoladas após terremoto

Next article

You may also like

1 Comment

  1. Para vivermos bem e com dignidade não precisamos muito, precisamos de vontades. Vontade de ser útil, vontade de ser bom, vontade de amar ao próximo e vontade política de nossos governantes. Quem dera Francisco como o de Assis, sirva de exemplo para toda comunidade cristão, católica ou não, no sentido de distribuir paz e santificação, e que o ser humano desperte para uma nova vida, a de doação, pois dando é q se recebe.

    Vamos disseminar o amor, que amor receberemos e por ele podemos mudar conceitos!

    Parabéns pelo texto, muito apropriado e pontual!!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Colunistas