MundoNotícias

Estradas que brilham no escuro enfim se tornaram realidade na Holanda

0

_estradas holanda

O conceito de ruas que brilham no escuro é algo tão simples em infraestrutura de segurança que é até estranho que ninguém tenha implementado isso até hoje. Mas enfim elas existem – nas estradas da Holanda.

Em 2012, as empresas de design holandesas Studio Roosegaarde e Hejmans Infraestructure propuseram a ideia de ruas pintadas com faixas que carregariam durante o dia para brilhar à noite, e ajudariam os motoristas a saber a posição deles no asfalto. Na época, pensamos que demoraria anos até isso se tornar realidade.

Mas não foi bem assim. Menos de dois anos após a ideia ser apresentada, ela se tornou algo concreto. Agora, um trecho de 500 metros na estrada N329 em Oss conta com essas faixas brilhantes – que foram feitas ao adicionar pó fotoluminescente na pintura da rua – que acendem durante a noite. E elas cumprem o que prometem. De acordo com o noticiário local, “parece que você dirige por um conto de fadas”. O que acreditamos ser uma coisa boa.

Carregadas pela luz solar durante o dia, as faixas brilham por oito horas, mas ainda não há nenhuma evidência para sugerir o quão bem elas lidarão com o desgaste do tempo. E não há informações em relação a quantas outras faixas receberão o mesmo tratamento – há planos de expansão, mas não está claro quando nem para onde.

O futuro das estradas aparentemente será mais seguro, também; há planos de tornar a tinta mais inteligente para que ela possa se comunicar com os veículos, e criar marcações na estrada que liguem e desliguem para indicar mau tempo ou perigos próximos. Por enquanto, porém, as ruas brilhantes devem ser o suficiente para manter motoristas holandeses um pouco mais seguros.


Cruzeiro encara tabu de quase dez anos contra São Paulo no Brasileirão

Previous article

Narcotraficantes com 50 mil comprimidos de ecstasy são presos na Argentina

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Mundo