Francisco SampaNotícias

Francisco Sampa: Brasil a terra dos Ces: corrupção, calheiros, cunha, collor, cafajestada

0

francisco_sampaEm setembro de 1992, inconformado  com  a  safadeza reinante no Brasil, e  como boa parte  dos brasileiros decentes, me rebelei com o momento político da época, em protesto pintei os cabelos de  preto graúna e até a bandeira do Brasil seguiu o mesmo destino, em plena Rua 46 no coração de  Manhattan, a tentadora  New York,  os brazucas auto exilados como eu celebravam o Brazilian Day com show de Lulu «chato» Santos e do forrozeiro Lucinho Bizadão, artista mineiro lá de  BH e um ícone da música brasileira nos EUA. Enquanto   isso, nas ruas do Brasil, os caras pintadas pediam o impeachment de Fernando Collor aquilo roxo de Mello, o caçador de marajás das Alagoas, meses se passaram e o playboy do PRN partido nanico da época que o botou na presidência, cassado ficou 8 anos fora da política até a volta triunfal ao Senado da República Federativa do Brasil, pelo voto sublime do povo de Alagoas… coisas da democracia.

Agora passado 23 anos lá está ele de novo envolvido em maracutaias e otras cositas  mas… coisas  da  Terra Brasilis, de um povo   sem cultura e sem visão e amor  à pátria e às coisas públicas  e roubo e desvio de verbas   em toda a nação no público e no  privado o país está infestado de  safado. Quem tem acesso a pouco rouba pouco, quem tem acesso a muito rouba muito, se gritarem pega ladrão será um Deus nos acuda. O povo é roubado e segue calado, marcado, enganado e feliz, não é bem uma vida de gado como diz a música, está mais para vida de jumento mesmo, os caras mentem, prometem, não cumprem, roubam e votam neles de novo…  burrice genética ou cegueira política de uma nação repleta de “ espertos “, não faltam escândalos:  o da mandioca,  dos sanguessugas, do mensalão, do petrolão, e  o povo calado, seguindo  a letra da música do Chico da esquerda caviar, estão se guardando pra quando   o  carnaval chegar, Pelé  disse que brasileiro não sabe  votar, a gritaria foi geral, agora eu pergunto o negão estava errado ao dizer  isso? Por que diante de todo o descalabro que vivemos, seguimos calados, com tanta roubalheira, desvios nas aposentadorias, mandos e desmandos em toda nação, somos cegos, surdos, mudos e burros ou tudo isso junto e coniventes com esse quadro de horror? Um filme de terror que tira nossas riquezas, nosso sono, perdemos a vergonha na cara ou nunca tivemos? Seguimos como hienas, comendo fezes, fazendo sexo uma vez por ano e rindo? Rir de quê?  De nós mesmos, da nossa falta de vergonha na cara, da nossa permissividade, estamos sendo roubadosssssssssssssssss, a República do C repleta de cunhas, calheiros, collors, corruptos e corruptores, onde iremos parar? Que país vamos deixar para as futuras gerações, a galera do whatts app e do facebook que também não quer nada com a realidade. Chega de funk ostentação, sertanejo universitário e outros modismos, a realidade   bate à nossa porta triste e negra como uma noite escura sem estrelas e luar. Esta crise política no Brasil na realidade é uma crise de falta de ética, princípios morais e vergonha na cara de todos nós brasileiros. À todos com ou sem vergonha, uma boa semana e à galera do Ces só me resta desejar que as consoantes P e F, ajam com lisura e a justiça seja feita acrescentando mais um C na lista: CADEIA.

 


Léa Campos: Brasileirão Feminino

Previous article

Fato Policial by Roger Costa . 23/07/2015

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *