BrasilDestaquesNotícias

Brasil poderá comprar vacinas que sobrarem nos EUA direto das empresas, diz embaixador

0

O embaixador americano no Brasil, Todd Chapman, afirmou hoje que as milhões de vacinas que sobrarem nos Estados Unidos na campanha de vacinação contra o coronavírus podem ser vendidas ao governo brasileiro diretamente pelas farmacêuticas.

Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, o embaixador lembrou que os Estados Unidos já vacinaram mais da metade da população americana com a primeira dose. — Tem um grupo do meu governo que está trabalhando para decidir exatamente como vamos distribuir essas doses. Tem várias opções. Pode ser alguma venda direta das empresas americanas ao Brasil — disse Chapman.

Carta de governadores sobre clima foi bem recebida pelos EUA, diz  embaixador | A Gazeta

Outra possibilidade, segundo o embaixador americano, é que as doses que sobrarem da campanha de imunização sejam destinadas ao consórcio Covax, da Organização Mundial da Saúde. O consórcio da OMS é responsável por distribuir as vacinas para todo o mundo. Até agora, o Brasil já assinou o contrato com duas farmacêuticas dos Estados Unidos: a Pfizer e a Janssen. São 100 milhões de doses da Pfizer, que estão previstas para chegar até setembro; e mais 38 milhões de doses da Janssen, que devem chegar entre julho e o fim do ano.

Viagens de brasileiros aos Estados Unidos

Todd Chapman afirmou que a Embaixada dos Estados Unidos ainda não tem previsão para o fim das restrições de viagens de brasileiros ao país. — Quando vamos poder abrir de novo para entrevistas, não tenho previsão. Estamos trabalhando nessa direção, mas não posso adiantar algum anúncio sobre data. Esperamos em breve, mas não sei quando vamos poder abrir as nossas portas — afirmou.

Comunicação - Governo de Rondônia canaliza parcerias internacionais por  meio de videoconferência com embaixadores de países europeus - Governo do  Estado de Rondônia


Covid-19: Mais de 5 milhões não voltaram para tomar segunda dose nos Estados Unidos

Previous article

Com consulados dos EUA paralisados, alunos brasileiros podem perder bolsas de estudos

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Brasil