MundoNotícias

Primeiro estudo sobre eficácia de vacina contra a ômicron é divulgado pela África do Sul: “melhor do que esperado”

0

Os resultados preliminares de um primeiro estudo sobre o efeito de uma das vacinas anticovid diante da variante ômicron foi divulgado na quarta-feira (8), por um renomado centro de pesquisas da África do Sul. Segundo o laboratório, o resultado é “melhor do que esperado”.

O Africa Health Research Institute avaliou a eficácia do imunizante desenvolvido pelas farmacêuticas Pfizer e BioNTech em relação à nova cepa do coronavírus, classificada como “preocupante” pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo o professor Alex Sigal, que participou da pesquisa, essa vacina demonstrou “uma forte diminuição” na neutralização da variante ômicron.

No entanto, a pesquisa aponta que quem recebeu duas doses do fármaco da Pfizer/BioNTech ou já foi infectado pelo Sars-CoV-2 tem grandes chances de neutralizar a nova variante. Segundo o laboratório, isso sugere que uma dose de reforço já pode ajudar a combater a doença.

“Esses resultados são melhores do que esperávamos. Quanto mais você desenvolver anticorpos, mais chances você tem de ser protegido contra a ômicron”, afirmou Sigal, que publicou detalhes sobre a pesquisa em uma série de tuítes.

O professor também ressaltou que, até o momento, o laboratório não estudou os efeitos da terceira injeção de reforço em relação à ômicron, já que ainda não está sendo administrada na África do Sul.


Campeão brasileiro, Cuca comenta peso do Atlético-MG na carreira: “Maior clube da minha vida”

Previous article

A partir do dia 11 de dezembro, viajantes deverão apresentar comprovante de vacina para quem entrar no Brasil

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Mundo