BrasilComunidadeNotícias

Brasileiros são os superpeões que acumulam títulos e milhões de dólares nos EUA

0

O brasileiro Kaique Pacheco venceu a etapa de Sioux Falls, no estado de Dakota do Sul, da Professional Bull Riders (PBR), principal competição de rodeio dos Estados Unidos, no último fim de semana. Conhecido como “O Homem de Gelo”, ele está na terceira posição na classificação geral da temporada 2022, com 642,5 pontos.

“Eu sou muito calmo, bem tranquilo, então procuro apenas fazer o meu trabalho da melhor forma”, contou, após a vitória, em entrevista ao jornal “Brazilian Times”.

Nascido em Itatiba, interior de São Paulo, ele também havia vencido, há um mês, o The American, torneio que dá ao ganhador US$ 2 milhões como prêmio. Mas ele não é o único a se destacar nas arenas americanas. Natural de Ribas do Rio Pardo, no Mato Grosso do Sul, José Vitor Leme é o atual bicampeão da competição.

Na conquista mais recente, em 2021, mesmo com uma lesão na região da virilha, ele alcançou a maior nota da história da organização, com 98,75. Neste ano, ele ocupa a sexta colocação no torneio.

Outro brasileiro, João Ricardo Vieira, paulista de Itatinga, lidera o ranking da atual temporada, com 803 pontos, 48 à frente do americano Daylon Swearingen, que vem em segundo. Somente com as etapas conquistadas até aqui, ele já levou para casa cerca de US$ 235 mil.

Nesta edição do torneio, o Brasil conta com cinco representantes entre os dez melhores da competição até aqui, com outros cinco americanos completando a lista. Além de Vieira, Pacheco e Leme, Maurício Gulla Moreira, atual quinto colocado, e Luciano de Castro, em décimo, completam o ranking.

Iniciada em 1994, a competição foi vencida por brasileiros em doze oportunidades. Além do bicampeonato de José Vitor Leme (2020 e 2021) e do título de Kaique Pacheco (em 2018), Silvano Alves de Almeida Goes e Adriano Moraes (com três títulos cada), Ednei de Souza Caminhas, Renato Nunes Rosa e Guilherme Antônio Marchi (com uma conquista) são outros brasileiros que se sagraram campeões do torneio.


Estudante brasileira residente na Rússia, diz que a palavra guerra está proibida

Previous article

Passaporte não binário finalmente disponível nos EUA

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Brasil