BrasilDestaquesNotícias

Governador Valadares: Suspeitos por morte de imigrante que tentava entrar nos EUA são presos

0

Na manhã desta terça-feira (21), a Polícia Federal deu início à operação “Relicta Mori”, em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, para prender integrantes de uma quadrilha suspeita pela morte de um imigrante, no ano passado, que tentava atravessar a fronteira do México para os Estados Unidos.

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva. Veículos, imóveis, dinheiro e criptoativos usados para ocultação de valores ilegais foram aprendidos. Durante as investigações, a Polícia Federal comprovou que uma organização criminosa era responsável pela tentativa de travessia ilegal. Outras 197 pessoas entraram ilegalmente com o auxílio do grupo.

Polícia Federal em Ipatinga começa a operar em janeiro – Carta de Notícias

Várias crianças, inclusive bebês e adolescentes, eram usados para entrar no país por meio do método “cai-cai”, quando famílias com menores entregam-se às autoridades americanas após cruzarem as fronteiras, pois sabem que irão responder em liberdade pelo ingresso irregular devido as crianças não poderem permanecer sozinhas por questões humanitárias. Este método agrava o aumento do número de casos de sequestro internacional de crianças, já que os menores são “alugados” pelos coiotes para adultos desacompanhados que querem entrar nos Estados Unidos. Os suspeitos responderão pelos crimes de promoção de migração ilegal e homicídio, podendo pegar até 26 anos de prisão. // Fonte: Band Minas.


Texas doa toneladas de arame farpado ao México para reforçar bloqueios na fronteira

Previous article

Proibição de centros de detenção privados para imigrantes pode ser derrubada pela Justiça da California

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Brasil