DestaquesNotíciasUSA

Mais de 150 indocumentados foram presos na Califórnia neste domingo, segundo a ICE

0

Os agentes do ICE e agentes do Enforcement and Removal Operations (ERO) têm concentrado a aplicação de suas medidas na área da baia de San Francisco em “conformidade com a lei federal e a política da agência, para prender pessoas que violaram as leis de imigração no país”, disse o porta-voz do ICE, James Schwab.

As prisões foram realizadas tendo como base pistas desenvolvidas pelo escritório local em colaboração com o Centro Nacional de Análise e Orientação Criminal (NCATC), disse Schwab.

Metade das pessoas presas já haviam sido condenados previamente por violações de imigração, incluindo condenações por assalto e agressão, delitos contra crianças, porte de armas e DUI, acrescentou.

“Esta operação é uma continuação dos esforços do ICE para priorizar o cumprimento contra as ameaças à segurança pública”, disse Schwab.

Isto veio logo após a prefeita de Oakland emitir um comunicado no sábado alertando aos residentes sobre possíveis batidas do ICE na área da Baia. Agora Shaaf rem recebido numerosas ameaças violentas através das redes sociais.

A prefeita disse que apesar das ameaças respalda suas ações “independentemente do que se passa, senti que era meu dever compartilhar a informação que tinha, particularmente porque estava compartilhando informação legal e não estava obstruindo a justiça”, afirmou.

Ela tem recebido comentários que a acusam de traição e obstrução à justiça.

Graças à advertência enviada por Shaaf as equipes de Resposta Rápida puderam reagir mais rápido antes as redadas.

“Afinal do dia, são as famílias e as comunidades que são impactadas, e isso cria mais trauma e falta de confiança. A advertência de Schaaf, definitivamente nos ajuda a fazer o que temos que preparar”, afirmou Blanca Vásquez, porta-voz do Movimento de Libertação dos Imigrantes.


Restrições à imigração podem prejudicar economia, afirma economista

Previous article

Decisão da Suprema Corte estende renovação do DACA

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaques