ComunidadeDestaquesNotícias

Procuradores se unem e processam ICE por realizar prisões em tribunais

0

Uma coalizão de 14 procuradores-gerais, liderada por New York, se uniram e ingressaram na terça-feira em uma ação movida em 22 de maio em Massachusetts, que busca impedir a prisão de imigrantes dentro ou ao redor do tribunal sem mandado.

A ação, iniciada pelos promotores dos distritos de Middlesex e Siuffolk em Massachusetts e pelo Comitê de Serviços de Consultoria Pública, pede ao Tribunal de Apelações de Boston que confirme a decisão de 2019 de um tribunal local que parou as prisões do Serviço de Imigração e Alfândega (ICE).

No entanto, o governo Donald Trump foi ao Tribunal de Apelações em Boston, onde a coalizão de procuradores-gerais apoiou os queixosos para solicitar que a proibição de detenção, que afetou indocumentados e residentes, fosse mantida.

A coalizão argumentou ao tribunal que essas “detenções ilegais” tornaram cada vez mais difícil e às vezes “impossível” para juízes e promotores estaduais manterem os tribunais abertos, seguros e justos, o que, destacam, é necessário para uma administração ordenada para a justiça e preservação da segurança pública. Eles observaram que muitos imigrantes agora têm medo de denunciar crimes, testemunhar em tribunal ou cooperar com a polícia ou os promotores.

How Tish James shamelessly milked the public

“Os esforços contínuos do ICE para deter imigrantes dentro ou ao redor de tribunais estaduais nos colocam em risco e ameaçam a segurança de todos os nova-iorquinos”, disse a procuradora-geral de New York, Letitia James. “Essas prisões inconstitucionais dispararam desde que Trump tomou posse. O presidente seguiu uma agenda anti-imigrante por razões puramente políticas”, disse ela em comunicado conjunto.

Ela disse que essas prisões do ICE “claramente violam” as leis estaduais “impedem a realização da verdadeira justiça e ameaçam desnecessariamente os imigrantes pelo único motivo de ganhar pontos na política”. No ano passado, Letitia James e o procurador do distrito de Brooklyn, Eric Gonzalez, entraram com uma ação contra o governo federal por causa de sua política


NJ permite a realização de graduações ao ar livre com distanciamento social a partir de julho

Previous article

NY indenizará famílias de trabalhadores essenciais que morreram de Covid-19

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Comunidade