DestaquesNotíciasUSA

Homem não-vacinado é o primeiro morto por ômicron nos EUA. Governo Biden anuncia medidas

0

Um homem que não foi vacinado contra o coronavírus é a primeira morte oficial pela variante Ômicron nos EUA. Natural de Houston, no Texas, o homem tinha em torno de 50 anos de idade e testou positivo para a variante pouco antes de morrer. Autoridades locais confirmaram que se trata da primeira morte por Ômicron no país.

Segundo a revista People, além de não ter tomado nenhuma dose do imunizante contra o vírus, o homem também tinha condições pré-existentes e já tinha sido diagnosticado com covid-19 uma outra vez. “Nossos pensamentos e orações estão com a família do paciente e nós oferecemos nossa profunda empatia”, declarou Barbie Robinson, diretora executiva do Harris County Public Health, em comunicado à imprensa. Ela aproveitou para enfatizar a necessidade da vacina para prevenir quadros graves e mortes por covid-19.

Omicron is now dominant Covid-19 variant in US, officials say | Coronavirus  | The Guardian

“Isto é um lembrete da severidade da covid-19 e suas variantes. Nós incitamos todos os residentes qualificados a se vacinarem e tomarem suas doses de reforço se ainda não o fizeram”, completou. No condado de Harris, no Texas, apenas 58,7% da população está totalmente vacinada contra a covid-19, de acordo com o Departamento de Serviços de Saúde do Texas. A variante Ômicron foi detectada nos EUA no dia 1 de dezembro e já se tornou a variante dominante no país, contabilizando 73% de todos os casos no país entre 12 e 18 de dezembro, de acordo com o Centro de Controle de Doenças na segunda-feira (20). Na semana anterior, a variante representava apenas 12% dos novos casos de covid.

Joe Biden

Novas ordens do Governo Biden contra a ômicron

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta terça-feira (21) novas medidas para conter o avanço da variante Ômicron no país. As medidas que a administração democrata pretende implantar incluem o aumento da ajuda dos militares nos hospitais, ampliação dos locais de vacinação contra a Covid-19 e a compra de meio bilhão de testes rápidos. Os testes serão enviados aos americanos de forma gratuita e poderão ser solicitados por meio de um site do governo. A variante Ômicron é a variante mais dominante da Covid-19 nos Estados Unidos, sendo responsável por 73% dos casos de coronavírus do país.


Imigração: ACLU aciona o USCIS na Justiça por discrepância na aprovação de asilo

Previous article

Número de imigrantes na fronteira EUA-México em 2021 foi o maior em 20 anos

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaques